Pilates vai além das poses acrobáticas de Instagram

O Pilates é acessível a todos, haja vista que a prática envolve conhecimentos de consciência corporal e concentração. A surpresa para algumas pessoas é descobrir que o método não é pose para Instagram.

Concentração, controle, precisão, fluidez, centralização e respiração. Isso não se aplica com qualidade de uma hora para outra. É preciso treinar com atenção no que se está fazendo. É você e seu corpo. Se você trapacear, será justamente trapacear seu corpo. Se você for honesto consigo mesmo, vai perceber os benefícios da prática.

É um método democrático, visto que todos podem fazer. Isso que dizer que atletas podem fazer? Sim. Adolescentes? Sim. Grávidas? Sim. Idosos? Sim.

Pilates não é só para quem tem recomendação médica. Você pode fazer musculação e também fazer Pilates, pois os objetivos são diferentes. Pode praticar natação e também Pilates. Pode fazer dança de salão e também Pilates. Pode fazer nada e também fazer Pilates. Que incrível!

O objetivo deste artigo não é descrever benefícios da prática apenas. Aqui no Presttention você encontra outras matérias sobre o método. Este é um artigo de opinião da vivência de uma acadêmica de Fisioterapia que concluiu, neste último domingo, o segundo módulo do Curso de Pilates.

Percebi o quanto o método é importante e tem resultados efetivos em pouco tempo da prática. Que mais pessoas podem ter acesso aos seus benefícios. Afinal, qualidade de vida é um direito de toda pessoa. Qualidade para sentar e levantar sem dificuldades, para pegar algum objeto na prateleira, para conseguir amarrar os cabelos sem dor nas articulações, etc.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Pesquisa acerca da Fisioterapia Pediátrica na França

Ao contrário do Brasil, a Fisioterapia Pediátrica é uma especialidade reconhecida na França desde 2019 depois de mobilização da categoria dos fisioterapeutas (kinésithérapeutes) desde 2004. Após o início da pandemia de Covid-19, novas abordagens são estudadas na Fisioterapia e isso se aplica também à área da Pediatria.

Desta forma, o trabalho visou fazer uma revisão de literatura acerca da Fisioterapia Pediátrica na França entre 2020 e 2022 por meio da seleção, análise e categorização de artigos científicos.

A comunicação científica na área da Saúde mostrou que é primordial principalmente após o óbito por Covid de mais de 5.376 crianças menores de 5 anos no mundo, segundo a Unicef.

Leia aqui o artigo científico na íntegra.

Ele já foi apresentado no Congresso Científico Concifa e na XI Jornada de Fisioterapia.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Fisioterapia – o principal avanço é o olhar para o paciente. É pensar para além do que está nos laudos

Mais de 200 alunos participam da XI Jornada de Fisioterapia da Fametro, em Manaus, Amazonas. O primeiro dia de evento mostrou a importância do acolhimento aos pacientes com suas devidas limitações e a necessidade de avaliação dos pacientes para além do que é apresentado em exames.  O tema do evento é “Reabilitação funcional: das técnicas milenares aos avanços tecnológicos”. 

Ao se falar em avanço é preciso também lembrar que o principal avanço é o olhar para o paciente. É pensar para além do que está nos laudos.  

“A maioria dos pacientes que apresentam a bursite podem ter diagnóstico errado. É preciso fazer teste de força muscular, de movimento e artrocinemático. É importante promover o movimento intra articular e ter o macro movimento. É aí que entram Terapias Manuais como a Quiropraxia, por exemplo “, ressaltou o Dr Alex Matos.

A Fisioterapia vai além do que é apresentado nos exames. É essa análise por meio de testes que irá avaliar a abrangência da patologia. Desta forma, será realizada a devida abordagem fisioterapêutica. 

A percepção da dor também foi um dos temas de palestra da Jornada de Fisioterapia. “A partir de 3 meses de dor o paciente passa da dor aguda para a dor crônica. Que no sistema por mecanismo pode ser: Nociceptiva (de músculo esquelética); Neuropática (de trajeto neural); Nociplástica (de sistema nervoso central)” destacou o Dr Alan Costa. Na ocasião, alunos também se voluntariaram para fazer a demonstração de alguns testes.

Infarto e AVC são as principais causas de hospitalização. Essa temática também esteve entre os temas da Jornada de Fisioterapia, nesta última quinta-feira.

“Na insuficiência cardíaca o menor dos problemas é o paciente conseguir andar. A questão é respiratória. Isso ocorre por causa do edema agudo de pulmão que o paciente sofre infarto. Há água extravasando nos alvéolos. (cardiogênico)” informou o Dr Paulo Sá.

Sinais apresentados pelo paciente: dor torácica, turgência jugular e congestão pulmonar.

O edema agudo de pulmão no contexto de Covid é diferente porque o vírus causa uma lesão no pulmão. O tratamento também será diferente.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Avanços da Fisioterapia do Amazonas em pauta

ATUALIZADO EM 26/10

A região Amazônica também é, popularmente, conhecida como o pulmão do mundo. Entretanto, foi justamente por questões respiratórias que a localidade teve destaque negativo no noticiário mundial. O auge da pandemia teve consequências marcantes especialmente para o povo amazonense e a base principal de reabilitação da população foi a Fisioterapia.

Qual o aprendizado disso? Quais os avanços científicos da área da Fisioterapia? Todas as respostas disso são importantes para os cidadãos, haja vista a sua importância para a Saúde Pública.

Visando apresentar novas pesquisas e debates sobre isso será realizada a XI Jornada de Fisioterapia da Fametro nos dias 10 e 11 de novembro, em Manaus (Amazonas). O público-alvo são acadêmicos de Fisioterapia de todas as instituições e outros profissionais da área da Saúde.

Dos 34.636.731 casos de Covid no Brasil, 615.762 foram no Amazonas, segundo dados do Consórcio de Imprensa até o momento da produção desta matéria. Devido aos casos de internação e aos de Covid longa, muitos pacientes tiveram que fazer Fisioterapia Respiratória, além de outras especialidades. O resultado disso são pesquisas e novas abordagens na atuação do profissional.

Constam na programação do evento as seguintes atividades: apresentação de pesquisas científicas dos acadêmicos, palestras e cursos. Haverá premiação para os melhores trabalhos acadêmicos (categoria exposição em banner e categoria apresentação oral).

A divulgação das informações da Jornada também está sendo realizada em outros idiomas (Inglês, Francês e Espanhol) nas redes do curso. O objetivo é aprimorar a propagação da informação científica produzida pela Fisioterapia no Amazonas, haja vista que o enfrentamento da Covid na região teve reverberação internacional.

“Essa Jornada tem esse propósito: o que nós éramos e o que nos tornamos”, ressaltou a Dra. Bárbara Bahia, coordenadora do curso de Fisioterapia da Fametro.

Números:

No Brasil há 278.708 fisioterapeutas. Destes, 3.185 estão no Amazonas. As informações são do “Levantamento georreferenciado de fisioterapeutas no Brasil” feito por profissionais da Associação de Gestão, Inovação e Resultados em Saúde e Universidade Estadual de Goiás, em dezembro de 2020.

Serviço:

A XI Jornada de Fisioterapia será realizada na Fametro ( unidade 2 e 5), localizada à Avenida Constantino Nery, 1937.
As informações sobre a programação de palestras e cursos podem ser consultadas no Instagram do curso: @fisioterapia.fametro.

Veja aqui o detalhamento da programação:

@presttention Jornada de #Fisioterapia, nos dias 10 e 11 de novembro, na Fametro (Manaus/AM). Acadêmicos da área da Saúde de outras instituições podem se inscrever. #kinesitherapie #kinesitherapiedusport #Fisioterapeutas #Fisio #FisioterapiaAmazonas #FisioterapiaManaus #EnfermagemManaus #MedicinaManaus #OdontologiaManaus #NutriçãoManaus #BiomedicinaManaus #SaúdePública #SaúdeColetiva #Manaus #Amazonas ♬ som original – Saúde & Beauty | PRESTTENTION

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

A importância da Fisioterapia Pediátrica em bebês prematuros

Bebê prematuro (pré-termo) é aquele que nasce antes das 37 semanas de gestação. Nesse tipo de caso, é necessário um acompanhamento multidisciplinar.

O objetivo é prevenir possíveis atrasos no desenvolvimento.

Ao citarmos desenvolvimento estão subentendidos:

  • Socialização
  • Cognição
  • Linguagem
  • Autocuidado
  • Desenvolvimento motor

Qual é o indicado?

Fisioterapia nos bebês prematuros antes, durante a após a alta hospitalar.

Exemplo de atuação

Segundo a pesquisa “Atividade eletromiográfica dos extensores de tronco durante manuseio pelo Método Neuroevolutivo Bobath”:

“O Conceito Neuroevolutivo Bobath é um método utilizado na reabilitação neuropediátrica, fundamentando-se na facilitação da aquisição de habilidades sensório-motoras de acordo com a sequência de desenvolvimento neuropsicomotor normal.”

Um dos casos de aplicação é em crianças com paralisia cerebral. “O Conceito Bobath caracteriza-se por uma maneira particular de observar, analisar e interpretar o desempenho motor em uma dada tarefa, sempre respeitando a sequência necessária de aquisição de habilidades dentro do desenvolvimento neuropsicomotor normal. Embora sua aplicação clínica esteja fundamentada em um raciocínio individualizado a cada caso em vez da aplicação de técnicas padronizadas, seus preceitos podem ser agrupados em estratégias de inibição, estimulação e facilitação.”

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Público interessado em Saúde e Beleza

Dos acessos ao Portal Presttention, 40,32% são do Distrito Federal; 10,28% do Amazonas; 9,49% são do Pará; 5,93% do Ceará, 5,14% de São Paulo; 5,14% do Rio de Janeiro, etc. As informações são segundo dados extraídos do Google Analytics.

No Instagram e na plataforma do E-commerce os principais são São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais. Curioso, né?

A divisão é assim:

No Portal Presttention são publicadas as matérias sobre Saúde e Beauty.

No Instagram @Presttention são dicas com linguagem mais simples.

O E-commerce, obviamente, é somente a vitrine. Somente produtos de beleza veganos.

O propósito é, sobretudo, levar informação confiável. É usar o Jornalismo para potencializar informações úteis sobre a Saúde para o público interessado.

Presttention!

O Presttention é uma empresa composta por um Portal de notícias sobre Saúde e Beleza. Também possui um e-commerce de beleza. A criadora é a Jornalista Ana Célia Costa (DRT 326), que também é acadêmica de Fisioterapia e de Estética.

Fisioterapia em pacientes com queimaduras

Antes do processo de cicatrização de uma grande queimadura na pele, já é possível iniciar com a drenagem linfática na pele com bandagem e vaselina. A informação é da Dra. Valéria Couto Calazans Silva, Fisioterapeuta do Centro de Tratamento de Queimados, do Hospital Municipal Souza Aguiar (RJ). Esta é uma importante atuação do profissional de Fisioterapia com especialização em Dermatofuncional. Em pequenas queimaduras, é possível ver a reação local. Apesar da dor e do incômodo, não há tanta intensidade na lesão. Nas queimaduras graves é uma reação intensa e de várias consequências para todo o corpo. 

O paciente queimado aumenta em  200% a sua capacidade metabólica 

A queimadura é provocada somente pelo calor?

É importante entender que a queimadura pode ser provocada por fonte térmica (de calor ou frio). Outra forma é pela eletricidade, por alguns produtos químicos, radiação, etc. 

Quais os objetivos da Fisioterapia no tratamento de pessoas com queimaduras?

  • Reduzir prevenir complicações respiratórias;
  • Reduzir o edema;
  • Melhorar a circulação na região atingida;
  • Estimular a nutrição local;
  • Manter o trofismo muscular;
  • Melhorar circulação;
  • Prevenir trombose venosa profunda e úlcera de pressão 

Estas e outras informações foram apresentadas pela Dra. Valéria Couto Calazans Silva, no Congresso Brasileiro de Fisioterapia, no último sábado. 

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Dor na lombar e seus fatores de risco

A carga e a insatisfação com o trabalho estão entre os fatores que podem influenciar na dor nas costas, segundo pesquisas científicas apresentadas no Congresso Brasileiro de Fisioterapia no último final de semana. Além disso, os outros fatores são: sedentarismo, problemas de sono, depressão e outros problemas emocionais. 

A lombalgia (dor nas costas) é uma condição que também pode ser tratada com exercícios de Pilates, terapia manual, acupuntura, meditação e/ou yoga.

Exercícios são melhores que o excesso de exames de imagens e remédios analgésicos. 

O que é a lombalgia?

Dor entre costelas e a pele. Essa dor também pode irradiar pelas pernas. 

A dor lombar é o que mais incapacita no Brasil. 

Dados

  • Acomete 500 milhões de pessoas no mundo. 
  • A maioria recupera em 6 semanas.
  • A recorrência  ocorre em 69% dos pacientes ao longo de doze meses.

Segundo pesquisa apresentada por Rodrigo Luiz Carregaro, da Universidade de Brasília (UnB): 

Em Brasília, 57% dos pacientes com dor nas costas são mulheres acima de 57 anos. Elas têm depressão e diabetes. Destas, 60% tomavam analgésicos e 64%, anti-inflamatórios.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Ventosaterapia – acupuntura sem agulhas

A Ventosaterapia faz parte da Medicina Tradicional Chinesa. É uma área reconhecida, mas ainda não é regulamentada no Brasil. No Brasil, este estudo é ensinado na faculdade de Fisioterapia. É uma Prática Integrativa e Complementar em Saúde (PICS) do Sistema Único de Saúde (SUS). Sua oferta depende da gestão de cada Executivo Municipal ou Distrital. A “Thérapie par ventouses” foi proibida pelo órgão equivale ao Conselho Federal de Fisioterapia na França. Em 18 de março de 2021, a l’Ordre des Masseurs Kinésithérapeutes proibiu que Fisioterapeutas ofereçam o atendimento de Ventosaterapia por, supostamente, ter sido insuficientemente testada no país ainda.

É importante entender este fluxo: o corpo humano pode ser agredido na área emocional que vai agredir um órgão específico e vai dominar determinado articulação. Isso quer dizer que o ponto onde o profissional de Fisioterapia vai usar ventosas pode não ser exatamente no local da dor, mas onde vai beneficiar a causa do problema. Além da questão emocional, a alimentação e o clima também influenciam em tudo que acontece no corpo humano.

Seguindo a teoria da Medicina Tradicional Chinesa, a Ventosaterapia perpassa pela Fisiologia Energética Zang fu (órgão e víscera):

  • Fogo (coração e intestino delgado)
  • Terra (estômago e baço)
  • Metal (pulmões e intestino grosso)
  • Água (rim e bexiga)
  • Madeira (fígado e vesícula biliar)

Além da Ventosaterapia, estas são as outras áreas de atuação da Medicina Tradicional Chinesa: acupuntura, auriculoterapia, fitoterapia, dietoterapia, eletroacupuntura, laserterapia, massoterapia, reflexologia podal, moxaterapia, Gua sha e Tai Chi.

A Ventosaterapia deve ser aplicada por profissional capacitado. Sem o devido estudo, há o risco de queimaduras e sangramento na pele do paciente.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)