Pesquisa acerca da Fisioterapia Pediátrica na França

Ao contrário do Brasil, a Fisioterapia Pediátrica é uma especialidade reconhecida na França desde 2019 depois de mobilização da categoria dos fisioterapeutas (kinésithérapeutes) desde 2004. Após o início da pandemia de Covid-19, novas abordagens são estudadas na Fisioterapia e isso se aplica também à área da Pediatria.

Desta forma, o trabalho visou fazer uma revisão de literatura acerca da Fisioterapia Pediátrica na França entre 2020 e 2022 por meio da seleção, análise e categorização de artigos científicos.

A comunicação científica na área da Saúde mostrou que é primordial principalmente após o óbito por Covid de mais de 5.376 crianças menores de 5 anos no mundo, segundo a Unicef.

Leia aqui o artigo científico na íntegra.

Ele já foi apresentado no Congresso Científico Concifa e na XI Jornada de Fisioterapia.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

Ação do Grupo de Fisioterapia Pediátrica em hospital referência de tratamento do câncer na Amazônia Ocidental

Quinze crianças participaram da ação do Grupo de Pesquisa em Fisioterapia Pediátrica (GEFIPE) na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCECON), nesta sexta-feira. Os acadêmicos de Fisioterapia fizeram parte da programação da festa de semana das crianças.

Além da presença dos acadêmicos usando fantasias, também foi feita distribuição de brindes. Houve música e dança de alguns pacientes. Também foi realizada pintura no rosto. Foram diversos corações, estrelas, casinhas, flores, etc.

Hospital

A unidade hospitalar foi fundada em 1974. É uma Fundação Centro de Controle de Oncologia desde 1989. Possui diversas especialidades médicas e os principais tratamentos oncológicos. É uma referência no diagnóstico e tratamento do câncer em toda a Amazônia Ocidental. 

O GEFIPE é um projeto de Extensão da Fametro. Foi criado há 1 ano e, atualmente, possui 24 integrantes.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)

A importância da Fisioterapia Pediátrica em bebês prematuros

Bebê prematuro (pré-termo) é aquele que nasce antes das 37 semanas de gestação. Nesse tipo de caso, é necessário um acompanhamento multidisciplinar.

O objetivo é prevenir possíveis atrasos no desenvolvimento.

Ao citarmos desenvolvimento estão subentendidos:

  • Socialização
  • Cognição
  • Linguagem
  • Autocuidado
  • Desenvolvimento motor

Qual é o indicado?

Fisioterapia nos bebês prematuros antes, durante a após a alta hospitalar.

Exemplo de atuação

Segundo a pesquisa “Atividade eletromiográfica dos extensores de tronco durante manuseio pelo Método Neuroevolutivo Bobath”:

“O Conceito Neuroevolutivo Bobath é um método utilizado na reabilitação neuropediátrica, fundamentando-se na facilitação da aquisição de habilidades sensório-motoras de acordo com a sequência de desenvolvimento neuropsicomotor normal.”

Um dos casos de aplicação é em crianças com paralisia cerebral. “O Conceito Bobath caracteriza-se por uma maneira particular de observar, analisar e interpretar o desempenho motor em uma dada tarefa, sempre respeitando a sequência necessária de aquisição de habilidades dentro do desenvolvimento neuropsicomotor normal. Embora sua aplicação clínica esteja fundamentada em um raciocínio individualizado a cada caso em vez da aplicação de técnicas padronizadas, seus preceitos podem ser agrupados em estratégias de inibição, estimulação e facilitação.”

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)