Tag Fisioterapia Esportiva

Avaliação funcional do atleta

Atletas podem fazer Fisioterapia em outros momentos que não sejam apenas motivados pela dor. Algumas dores inclusive podem aparecer, mas sem uma lesão específica. Após as avaliações é que se pode descobrir, por exemplo, que dores no joelho podem vir de um problema emocional.

A prevenção das lesões começa pela qualidade do sono e pela alimentação. Não adianta passar pelo processo de fortalecimento, se não o atleta não consegue ter uma boa noite de sono.

Na Fisioterapia Esportiva há:

  • Atendimento emergencial;
  • Prevenção;
  • Retorno ao esporte;
  • Reabilitação.

Na sequência de prevenção há:

  • Problema – entendimento acerca da frequência que a lesão acontece.
  • Etiologia – entendimento acerca do mecanismo da lesão.
  • Prevenção – processo avaliativo.
  • Efetividade – monitoramento dos resultados.

Segundo a International Federation of Sports Physical Therapy, estas são as competências em Fisioterapia Esportiva:

  • Prevenção de lesões;
  • Intervenção aguda;
  • Reabilitação;
  • Melhoria de desempenho;
  • Promoção de um estilo de vida seguro e ativo;
  • Aprendizagem ao longo da vida;
  • Profissionalismo e gestão
  • Envolvimento da pesquisa
  • Disseminação das melhores práticas;
  • Ampliando a prática através da inovação;
  • Promoção do Fair Play e da Prática Anti-Doping.

Ana Célia Costa

Acadêmica de Fisioterapia

Jornalista (DRT 326)