Benefícios da touca de cetim

O cetim é um tecido que protege os cabelos dos atritos. Ao deitar em uma fronha de algodão seus fios sofrem a agressão e com isso surge o frizz. A aliada das curvaturas (lisos, ondulados, crespos ou cacheados) é a touca de cetim e/ou a fronha de cetim.

Antes as toucas estavam mais populares apenas em publicações sobre cabelos crespos e cacheados, mas seu benefício é para todos. Os cabelos conduzem energia. Você já ouviu falar que os cabelos ficam eletrizados? O algodão estimula o frizz e também faz com que os cabelos fiquem mais embaraçados.

O cetim evita tudo isso. Desta forma, os cabelos permanecem com a aparência definida por mais tempo.

Escolha aqui no ecommerce de beleza a sua touca e fronha de cetim.

Presttention!

Empoderamento da mulher paraense: história e vivências

Na primeira parte da live sobre o tema foi citado o livro “As mulheres e o poder na Amazônia”, de Heloisa Lara Campos da Costa. O livro foi editado pela EDUA, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Na obra, são descritos fatos históricos sobre a autonomia das mulheres do Grão-Pará (Pará e Amazonas).

“A princípio quem se preocupou com a educação feminina foi a Igreja”. Em 1840 haviam 10 escolas em funcionamento no Grão Pará.

“No mesmo ano o Governo decretou o Regulamento para a Casa das Educandas (06/05/1940) (…) Lá elas aprenderam a instrução primária e o ensino de costura, bordados e renda”.

Importante citar um pouco da história para entender a luta pelo protagonismo feminino. Neste caso, a luta na região do Grão Pará.

A segunda parte da nossa live foi uma conversa sobre vivência e empoderamento com a paraense e Relações Públicas, Myrian Conor. Ela contou da valorização que tem em relação aos seus cachos e como isso é importante para sua identidade. Myrian é de Castanhal (Pará). Ela contou fatos importantes para a autoestima da mulher.

ACESSE AQUI NOSSO E-COMMERCE DE BELEZA

Presttention!

Live sobre o empoderamento da mulher paraense

O Pará é a terra de tantas mulheres poderosas, incríveis e que fazem a diferença. Terra de Gaby Amarantos, Joelma, Fafá de Belém e tantas outras.

Por tanta diversidade, o tema merece uma conversa. É beleza, empoderamento, cultura! É isso que faremos nesta quinta-feira com a convidada, a Relações Públicas paraense, Myrian Conor.

Venham todxs! De Juruti até Belém! Vem!

Presttention!